O Guia absolutamente definitivo sobre como preencher um currículo

Qual é o segredo de um bom currículo? Talvez você nem saiba, mas você já pode ter sido descartado de uma boa vaga de emprego simplesmente por falta de alguns cuidados simples com o seu currículo.
Vamos definir. “Bom” currículo é aquele que cumpre o seu propósito: abrir as portas para uma entrevista de emprego.
Ou seja, o seu currículo é o primeiro passo na caminhada rumo ao seu primeiro emprego ou a uma recolocação profissional.
Na prática, o seu currículo é um reflexo de sua própria pessoa. Veja só: você pode ser um ótimo profissional mas se o seu currículo for mal redigido, a impressão que ele passará aos recrutadores será ruim, incorreta. Ter experiência e formação é importante, mas saber como apresentar isso é fundamental.
Para te ajudar a redigir um primeiro currículo perfeito ou revisar aquele que você já tem, preparei este guia com várias orientações e dicas de especialistas. Também disponibilizei um modelo de currículo Word para download.
Vamos lá! Uma boa carreira começa com um bom currículo!

O que mais chama atenção em um currículo

Simplicidade
Os recrutadores têm normalmente centenas de currículos sobre a mesa e pouco tempo para selecionar os melhores entre eles. Assim, currículos com muitas páginas, cheios de palavras difíceis e detalhes desnecessários são mal vistos e podem acabar na lata de lixo…
Comece certo: prepare um currículo curto, conciso e bem estruturado, que tornará fácil ao selecionador saber sobre você e sobre suas qualificações rapidamente.
Baixe um modelo de currículo Word pronto para usar.

Como NÃO fazer um currículo

NÃO minta!
Mentir no seu currículo para convencer o recrutador de que você é capaz de assumir a posição pretendida pode acabar mal.
Os recrutadores são profissionais com muitos anos de experiência. Ele irá desmascarar o candidato mentiroso ao analisar as respostas dadas durante a entrevista, ou quando conferir a documentação entregue, ou ao ligar para as empresas anteriores indicadas no currículo.
O resultado da mentira? Eliminação do processo seletivo e imagem profissional prejudicada…
Estas são as principais mentiras contadas nos currículos por aí:
  • Informar que possui graduação completa ou que é formado numa universidade conceituada, mas na verdade não concluiu ou nunca frequentou o curso.
  • Dizer que domina um determinado software, porém não passa no teste ou nas perguntas técnicas feitas sobre o mesmo durante a entrevista.
  • Mencionar que possui fluência em um idioma, mas tem dificuldade ao se comunicar com o entrevistador nessa língua.
  • Inventar que trabalhou em uma empresa de renome, quando não trabalhou.
  • Dizer que possui experiência na área ou que já ocupou determinado cargo, no entanto se atrapalha no momento de explicar as atividades supostamente realizadas.
  • Mentir sobre dados pessoais como idade, estado civil e endereço. Informar que não tem filhos.
  • Citar que conhece outros países mas falha ao descrever as cidades que diz ter visitado.
  • Aumentar o tempo de permanência nos últimos empregos.
NÃO cometa erros de português e de digitação
Isso passa a ideia de desleixo. Revise seu currículo com atenção, passe-o por um corretor ortográfico ou use um dicionário. Peça para alguém mais dar uma olhada para garantir que tudo está perfeito.
NÃO escreva sobre 'o quanto você está disposto a aprender'
Você pode mencionar isso no corpo do e-mail, quando o currículo é enviado pela internet, ou durante a entrevista. Mas não no currículo, por favor.
NÃO jogue contra você mesmo
Não fale mal de você mesmo. Não informe no seu currículo as habilidades que você não tem. Valorize seus pontos positivos.
NÃO mencione sua pretensão salarial
Isso pode fazer com que o recrutador descarte o seu currículo de cara, por estar muito abaixo ou muito acima daquilo que a empresa pretende pagar. Deixe esse assunto para a hora da entrevista.
NÃO envie fotos anexadas ao currículo
O recrutador está mais interessado em suas habilidades e conhecimentos. Só mande foto se isso for solicitado. Nesse caso, envie uma foto 3×4, sorrindo e bem-vestido.
NÃO use discurso em primeira ou em terceira pessoa
(“Realizei isso” ou “implementou aquilo”…)
No primeiro caso você passaria a impressão de que esta se super valorizando e de que não sabe trabalhar em grupo. No segundo caso, de que você é metido e pedante. Prefira frases impessoais: “Realização de”, “Implementação de” etc.
NÃO utilize recursos gráficos para enfeitar o currículo.
Nada de bordas, elementos florais, letras coloridas, fontes diferentes como as que lembram letra de mão, efeitos de sombra, excesso de cores… Prefira o modelo tradicional.
NÃO descreva habilidades genéricas, como 'proatividade', 'criatividade', 'esforçado'
Prefira destacar suas realizações e os conhecimentos técnicos e habilidades adquiridas em cursos.
E NÃO coloque no seu currículo:
  • Número de documentos
  • Nacionalidade
  • Título “currículo vitae” ou “currículo”
  • Nome de pais, cônjuge e filhos
  • Referências pessoais (isto é, contatos de pessoas que podem falar sobre você)
  • Motivo de saída de empregos anteriores
  • Certificados de cursos realizados
  • Data e assinatura
Baixe um modelo de currículo Word pronto para usar.

Como criar um currículo

Formato
  • Papel: use o tamanho de papel A4 (padrão no Brasil) e utilize um papel de boa qualidade.
  • Número de páginas: O currículo deve ter entre uma e duas páginas, no máximo.
  • Texto: Utilize tipos básicos de letra, que facilitam a leitura. Fontes clássicas, como Arial, Times New Roman ou Verdana.
Utilize o modelo de currículo Word que eu disponibilizei como um ponto de partida para criar o seu.
Estrutura de um bom currículo
1. Dados pessoais:
dados pessoais de um currículo de exemplo
  • Nome
  • Endereço (sem CEP)
  • Cidade onde mora
  • Telefones de contato (direto, celular, recados)
  • Email (use um e-mail com seu nome real, transpareça seriedade e profissionalismo – nada de apelidos ou nomes engraçadinhos)
  • Citar a idade e o estado civil são opcionais
  • Se tiver um perfil no Linkedin, vale a pena colocar também
2. Objetivo:
objetivo de um currículo de exemplo
Deixe claro, logo no início, a qual cargo você está se candidatando ou qual a área de interesse. Exemplo: produção; enfermagem e acompanhamento de saúde; desenvolvimento de produtos etc.
3. Formação:
formação de um currículo de exemplo
Se você estiver cursando uma faculdade, não é preciso dizer que tem o 1º ou o 2º grau completo, essa informação está subentendida.
Coloque o último grau de escolaridade que possui, ou seja, quem não tem nível superior deve citar o nível médio, e assim por diante. Mencione também formação MBA, pós-graduação ou curso técnico.
Informe: Modalidade do curso, Título do curso, Instituição, Local do Curso, Período do curso (anos de início e término de cada um). Se ainda estiver cursando, diga “cursando” e indique a série ou o semestre e o ano em que concluirá o curso.
4. Experiência profissional:
Experiência profissional de um currículo de exemplo
Esta é a parte mais importante do seu currículo e deve ser tratada com atenção especial. É ela que apresentará a sua carreira e a sua evolução profissional ao recrutador.
Se o currículo não se destina a um site de empregos (onde é melhor usar um currículo mais geral, pois você não sabe ainda quem terá acesso a ele), sempre leve em conta quais são as habilidades, conhecimentos e experiências que você possui que seriam positivos para a posição e empresa em vista.
Informe:
  • Nome da empresa onde trabalha ou trabalhou
  • Período em que trabalhou nesta empresa (se ainda está nela, coloque do “ano tal até o momento”)
  • Brevíssima descrição da empresa
  • Último cargo ocupado ou função realizada
  • Descrição das suas atividades nesta empresa
Dicas:
  • Tente aqui não ultrapassar um máximo de 15 linhas, e que esteja aparente logo na primeira página do seu currículo.
  • A ordem de apresentação é da experiência mais recente para a mais antiga. Foque nos resultados alcançados. O que interessa são as experiências dos últimos cinco ou dez anos.
  • Evite colocar uma lista muito grande de qualificações só para provar que tem experiência. Escolha apenas aquelas que têm mais a ver com a empresa onde você concorre à vaga. Não inclua experiências anteriores ou fora da área para a qual você disputa uma vaga.
  • Se as empresas por onde você passou não forem conhecidas, faça um resumo (de duas linhas no máximo) do perfil, setor em que atua, faturamento e número de empregados.
  • Destaque projetos que liderou ou dos quais participou, metas atingidas, contribuições importantes.
5. Idiomas, qualificações, experiência internacional e outros cursos:
cursos e qualificações de um currículo de exemplo
  • A fluência em um idioma pode ser categorizada como: básico, intermediário, avançado e fluente. Também mencione se estiver frequentando algum curso. Ajuda listar nomes dos certificados de proficiência da língua e intercâmbios culturais.
  • Mencione as atividades profissionais realizadas no exterior.
  • Mencione cursos técnicos ou a participação em eventos que tenham a ver com a área em vista.
Baixe um modelo de currículo Word pronto para usar.

Como fazer um currículo para o primeiro emprego

O que colocar no currículo quando não se tem experiência?
Bem, as orientações gerais são as mesmas listadas acima.
É importante colocar o cargo ou o objetivo pretendido. Quando o recrutador ver isso no seu currículo, vai ver que você é uma pessoa sabe o que quer.
Para aqueles que estão no começo de sua vida profissional, o currículo deve conter estágios, experiências obtidas na faculdade, intercâmbio, trabalhos voluntários, cursos e ‘bicos’ (por exemplo, trabalho em uma empresa familiar, organização de pequenos eventos, trabalho temporário). Projeto de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e atuação em empresa júnior da faculdade também podem ser mencionados.
Baixe um modelo de currículo Word pronto para usar.

Mais coisas que ajudam a ter um bom currículo

  • Carta de apresentação: mas só se for curta e objetiva, tipo 5 linhas, dizendo o tipo de empresa e os cargos que você deseja.
  • Omitir informações: mentir no currículo é imperdoável, mas omitir informações pode ser uma boa estratégia para conseguir a entrevista. Dados omitidos no currículo devem ser esclarecidos, quando questionados pelo entrevistador. Por exemplo: profissionais com mais de 40 anos podem omitir a idade. Mães com filhos pequenos podem omitir essa informação. Telefones de contato e endereço de parentes residentes próximos à empresa podem ser utilizados no lugar do seu.
  • Caso o candidato seja portador de deficiência, deve incluir essa informação.
Baixe um modelo de currículo Word pronto para usar.

Tags: |

Sobre o Autor

Coach Antonio Albiero
Coach Antonio Albiero

Antonio Albiero é Coach, Hipnoterapeuta, Engenheiro e Educador. Atua na indústria há 30 anos e há mais de uma década desenvolvendo pessoas.