mãe segurando bebezinho

Gratidão: no mínimo uma dose por dia

Compartilhe este artigo:

A gratidão é como um imã: atrai coisas boas, promove a saúde e ajuda a evitar que você se transforme num mala. Aprenda um pouco mais sobre como ser grato, lendo este artigo.

Você é feliz e não sabe

Um amigo meu tem sempre na ponta da língua uma ‘frase forte’ (que os coaches gostam de chamar de “crenças”) para qualquer situação, boa ou ruim, que ele esteja passando.

Uma das frases dele, que me espantou quando ouvi a primeira vez, é a seguinte:

Quando você se sentir ‘ferrado’ e no fundo do poço, olhe ao seu redor. Sempre tem alguém mais ‘ferrado’ e mais no fundo ainda.Um amigo meu

Observação: por respeito à audiência, usei a palavra “ferrado” no lugar da palavra exata que ele usava. 🙂

No fundo, o que ele queria dizer era que ficamos tão ocupados e aflitos com os nossos próprios problemas que não percebemos que outros passam por situações muitíssimo piores que as nossas.

Só para citar alguns exemplos: doenças terminais, violências, desastres familiares, vítimas de crimes horríveis, guerras, fome, sede, escravidão, miséria, morte…

Então, por que não sermos gratos até pelos nossos problemas (tão pequenos em comparação) ?

A seguinte frase é atribuída a Buda e sumariza bem o pensamento acima:

Levantemos para o dia e sejamos gratos. Porque se nós não aprendemos muito, pelo menos aprendemos um pouco, e se não aprendemos um pouco, pelo menos nós não ficamos doentes, e se ficamos doentes, pelo menos não morremos. Então, sejamos todos gratos.Buda

E o apóstolo Paulo, em sua carta aos cristãos da Tessalônica já aconselhava:

Em tudo sejam agradecidos, porque esta é a vontade de Deus a vosso respeito.Paulo de Tarso

Anatomia da Gratidão

Lembra aquela ocasião que você freou a tempo de não causar um acidente fatal no trânsito? Ou quando o exame médico indicou que não havia nada errado com você? Lembra?

Você apreciou estar vivo, inteiro e bem? Pois é, isto é gratidão.

A gratidão é uma emoção, e como tal envolve mente e corpo (leia também meu artigo sobre controle emocional). Surge diante um benefício, um auxílio ou um favor recebido. Em um sentido mais amplo é o reconhecimento positivo pelas situações e dádivas que a vida proporciona.

Sentimos gratidão quando o favor recebido:

  • É bem-vindo por quem recebe;
  • É valioso para aquele que fornece;
  • É dado de maneira despretensiosa e com intenções de fazer o bem;
  • É gratuito.

Gente ingrata…

Já passou pela situação de desejar um ‘bom dia’ a alguém e esse alguém nem responder? Eu já… Nem ligue. Esse é um dos sintomas clássicos de uma pessoa “ingrata”.

A pessoa que é ingrata:

  • É cega por não reconhecer o bem e dons que recebe todos os dias;
  • Vive de drama em drama; tudo é motivo para reclamação, xingamento e escândalo;
  • Só vê o mal e culpa os demais por seus problemas;
  • Reclama, murmura, odeia;
  • É capaz de pagar o bem com o mal…

Ou seja, um verdadeiro mala!
Que jeito triste, solitário e infeliz de viver! Que carga pesada a carregar!

Gente grata!

A relva do campo sorri e agradece os primeiros raios do sol após a noite fria e a madrugada gelada. Ser grato é ser como a relva, feliz apenas por causa dos raios do sol.

A revista Forbes publicou o resultado de pesquisas que indicam que:

  • Pessoas que são regularmente gratas se autodeclaram felizes;
  • Ao ser grato você percebe mais benefícios em sua vida – quando as coisas vão mal, você consegue colocar suas falhas em perspectiva.
  • A gratidão abre as portas para mais relacionamentos de qualidade;
  • A gratidão melhora sua saúde física e mental;
  • A gratidão melhora a empatia e reduz a agressividade;
  • A gratidão melhora a auto-estima;
  • A gratidão melhora o sono;

Sem falar que a gratidão é uma das emoções mais gostosas de se sentir.
Vale a pena ser grato!

Vamos praticar?

Imagine a gratidão como um músculo emocional. Quanto mais você exercitar, mais forte ele vai ficar.

Eis um exercício simples. Vamos lá, pratique ser grato!

Todos os dias complete de maneira sincera as seguintes frases:

  • Eu estou feliz porque…
  • Eu sou grato porque…

Exemplos:
Sou feliz porque o clima está agradável, estou vivo, minha família está comigo etc.
Eu estou grato porque a apresentação correu bem, voltei em segurança para minha casa, tenho apoio etc.

Pode completar as frases com coisas pequenas ou grandes, do âmbito pessoal, profissional ou global. Se possível, faça dois cartões com essas frases e coloque em lugares estratégicos onde você possa vê-los frequentemente.

Eu suspeito que você vai começar a perceber todo tipo de mudança sutil ou não tão sutil acontecendo em sua vida, só pelo fato de você praticar ser grato! Experimente!

A propósito: sou grato por você ter me acompanhado até aqui.
E você? É grato pelo quê?

Imagem cortesia de freedigitalphotos.net

FIQUE ATUALIZADO !
Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

3 comentários sobre “Gratidão: no mínimo uma dose por dia

Deixe um comentário